início | fale connosco | contactos | ajuda | mapa | rss
Página Inicial
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias
Não existem destaques
 






Boletim Municipal, Ano 6, Nº 15, julho de 2002
28 de Setembro de 2009
Boletim Municipal, Ano 6, Nº 15, julho de 2002
Boletim Municipal, Ano 6, Nº 15, julho de 2002

Editorial

Educar para a Cidadania
Construindo melhor Futuro

Os resultados das últimas eleições autárquicas decidiram a escolha dos Autarcas que irão conduzir os destinos do Concelho e das 51 freguesias nos próximos quatro anos. Aos novos eleitos caberá a grande responsabilidade de conduzir o desenvolvimento de Ponte de Lima, de forma justa e harmoniosa, interpretando as necessidades reais da população para realizar o objetivo maior do Município - dar mais felicidade e mais qualidade de vida aos habitantes do Concelho.

O passado foi dominado por uma enorme preocupação em construir um vasto conjunto de infraestruturas básicas que, felizmente, começam a ficar concluídas. Da eletricidade à rede de estradas, da construção de novas escolas à construção de modernos edifícios de cultura e desporto, passando pelo abastecimento de água e pelo saneamento básico, de tudo se fez um pouco para acompanhar as tendências do desenvolvimento e as exigências dos tempos modernos, muitas vezes moldados à luz dos programas comunitários e das prioridades nacionais estabelecidos numa estratégia global de desenvolvimento do País.

Hoje enfrentamos um novo desafio, o qual consiste na qualificação das pessoas e na melhoria do seu nível de vida, aproveitando os nossos recursos e as infraestruturas que entretanto foram concluídas.

Mais importante que fazer riqueza é a opção de distribuir justa e corretamente a riqueza adquirida. Por isso, deverá o Município preocupar-se com os sectores mais vulneráveis da sociedade, administrando com eficácia os instrumentos da Administração Municipal e aproveitando as oportunidades externas de angariar mais meios que permitam o aumento da qualificação das pessoas, quer através das oportunidades de emprego e ocupação, quer através da dinamização de sectores tão importantes do desenvolvimento como a educação, a cultura, a saúde e a assistência social.

Para essa tarefa precisamos de todos, coletividades, entidades oficiais, empresas e pessoas, de mãos dadas num processo coletivo que só poderá ter eficácia profunda quando cada um cumprir na sociedade o papel que lhe está reservado.

Os novos desafios obrigarão a uma nova fórmula de responsabilidade dos diferentes agentes do desenvolvimento local e uma maior corresponsabilidade de cada cidadão. O Município deverá cumprir a sua parte importante nessa tarefa, fazendo refletir nos seus instrumentos e na sua ação a aposta que atrás enunciámos e que foi sufragada maioritariamente pela população no ato eleitoral de dezembro.

Como Presidente da Câmara, conto com a colaboração de todos os Limianos para fazer um Concelho dinâmico, justo e capaz de dar mais qualidade de vida aos que aqui nasceram e a todos aqueles que aqui optaram por se estabelecer ou viver.

Esse futuro faz-se pela ação de cada um e pelo exemplo de participação cívica e não apenas pela posição crítica e imobilista daqueles que apenas desejam registar os erros ou apontar os pontos fracos de quem faz ou deixa de fazer.

Daniel Campelo
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima

 

Campelo, Daniel, dir. - Ponte de Lima: Boletim Municipal. Ponte de Lima: Câmara Municipal de Ponte de Lima, 2002.

Boletim Municipal, Nº 15, 2002 (pdf | 16.945 kb)

 

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo


Categorias