início | fale connosco | contactos | ajuda | mapa | rss
Página Inicial
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias
Não existem destaques
 






Boletim Municipal, Ano 7, Nº 18, julho de 2004
01 de Outubro de 2009
Boletim Municipal, Ano 7, Nº 18, julho de 2004
Boletim Municipal, Ano 7, Nº 18, julho de 2004

Editorial

Do ambiente e da cultura ao polo tecnológico

A preservação do ambiente continua a ser uma das grandes preocupações do Município. O novo milénio trouxe a Ponte de Lima outros resultados nesta matéria que têm catapultado o nosso Concelho como um exemplo paradigmático no que concerne a medidas de proteção ambiental e de defesa da qualidade de vida da população. Estamos satisfeitos com o trabalho realizado e esperamos prosseguir com o mesmo entusiasmo, a mesma determinação, na convicção suprema de que o desenvolvimento integral como objetivo principal está a caminho da sua realização.

A Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos está a ganhar a dimensão visual que todos prevíamos, considerando-se hoje como a joia de proteção e informação ambiental da qual nos podemos orgulhar. Esta dimensão tem sido distendida para uma área de enquadramento que visa ligar o património ao ambiente. A recente inauguração da Ecovia do Rio Lima, que liga Ponte de Lima a Bertiandos numa distância de sete quilómetros e que se deve exclusivamente à iniciativa municipal, materializa a grande aposta do nosso projeto autárquico de Valorização das Margens do Rio Lima. Entre caminhos teremos brevemente o Festival dos Jardins, com uma área de lazer e de diversão, de grande qualidade.

No Centro Histórico encontramos a excelência do edifício onde se instalou o Arquivo Municipal, mais ao lado a fantástica recuperação do Paço do Marquês, onde está instalada a Loja do Turismo e o Núcleo Arqueológico. A Escola da Avenida onde funciona o Espaço Internet, o Forum Limicorum - Plano Municipal de Prevenção da Toxicodependência, o Espaço Saúde Jovem e o Grupo de Pequenos Atores de Ponte de Lima, é um espaço que ganhou outra dignidade. É a recuperação dum edifício carregado de História, por onde passaram muitas gerações de Iimianos, a frequentarem a escola e os alunos das freguesias a virem prestar as provas de exame da 3.ª e 4.ª classes. Ajuntar a este imenso rol de iniciativas que comprovam a validade do nosso projeto, esperamos continuar a servir a nossa terra com o mesmo afinco de quem ainda ontem começou. Temos sido cautelosos na apreciação das atividades industriais que se querem instalar no nosso Concelho. Não estamos dispostos a criar falsas expectativas aos nossos jovens, nem admitiremos, por razões meramente economicistas, aceitar empresas que eventualmente possam degradar gravemente a nossa qualidade de vida. Felizmente, Ponte de Lima acaba de ver compensada esta política de rigor e de responsabilidade, consubstanciada na futura instalação de trinta empresas lideradas pelo grupo brasileiro Cobra - Computadores do Brasil, no Pólo Empresarial da Gemieira. A médio prazo prevê-se a criação de oitocentos postos de trabalho, na sua maioria com qualificações técnicas e superiores.

Um dos fatores decisivos que levou a optarem por Ponte de Lima foi, sem dúvida, a qualidade ambiental e a constatação dum desenvolvimento ordenado e devidamente planeado.

O Município está a cumprir a sua função de catalizador do diálogo e das ações que garantem segurança e atratividade para os investidores, esperando que da parte da sociedade civil limiana, aos interessados, respondam a este desafio e agarrem esta oportunidade rara e revolucionária nos sectores do emprego e do desenvolvimento.

Um abraço amigo

Daniel Campelo
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima

 

Campelo, Daniel, dir. - Ponte de Lima: Boletim Municipal. Ponte de Lima: Município de Ponte de Lima, 2004.

Boletim Municipal, Nº 18, 2004 (pdf | 20.142 kb)

 

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo


Categorias