Passar para o Conteúdo Principal Top

arquivo municipal logo de Ponte de Lima

AMPL_1




ART-MAP PONTE DE LIMA 2016 | ‘Re-Conhecimento: arte como um saber visual’

01 Jun '16 a 30 Ago '16
Publicacao1 1 1024 1000

"ART-MAP é uma iniciativa de curadoria artística que visa divulgar e colocar em diálogo obras de escritores e artistas plásticos, nacionais e estrangeiros, em cidades portuguesas de pequena e média dimensão, através de um circuito de exposições coletivas de arte em diversos monumentos, museus e galerias municipais, e de uma Galeria Virtual no sítio do projeto. Originalmente concebido pela artista plástica Madina Zi, o projeto incentiva o diálogo e intercâmbio intercultural, convidando artistas nacionais e estrangeiros a participarem com as suas obras numa Mostra temporária, promovida no município que a acolhe em cada edição.

Em 2016, é o município de Ponte de Lima que abre as portas do seu património a este projeto de curadoria. Na sua segunda edição, o projeto ART-MAP conta com duas curadoras (Madina Zi e Isabel Patim) e múltiplos espaços públicos e privados no centro histórico da vila mais antiga de Portugal. A curadora portuguesa cedo percebeu, e em linha com o conceito base do projeto, que Ponte de Lima era o Local de eleição para o ilustrar.

As curadoras receberam cerca de 530 submissões, nas categorias de Pintura, Artes Gráficas, Fotografia, Escultura, Vídeo, Instalação de Arte, Land Art, Light Art, ou Poesia. Foram selecionadas cerca de 300 obras de 140 artistas de vários países: Portugal, Reino Unido, França, Espanha, Alemanha, Polónia, Suécia, Finlândia, Bulgária, Croácia, Estados Unidos, Itália, Suíça, Irlanda, Iraque, Irão, Ucrânia, Sérvia, Turquia, Grécia, Líbano, Canadá, Perú, Dinamarca, Brasil, Israel, e Macedónia.

A mostra está patente de 1 de Julho a 30 de agosto, em vários edifícios históricos: Paços do Concelho, Universidade Fernando Pessoa – Casa da Garrida, Capela das Pereiras, Museu dos Terceiros, CIPVV (Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde), CIPT (Centro de Interpretação e Promoção do Território – Museu Rural), Museu do Brinquedo Português, Biblioteca Municipal e Arquivo Municipal. Vários espaços comerciais associaram-se à iniciativa, como pastelarias, restaurantes e hotéis, abrindo as suas portas à exposição de obras de arte contemporânea.

A inauguração da Mostra terá início na Capela das Pereiras, no dia 1 de Julho, às 18h, prolongando-se excepcionalmente o horário de funcionamento dos espaços públicos e privados até às 20h30."

A Curadora, Isabel Nena Patim.