início | fale connosco | contactos | ajuda | mapa | rss
Página Inicial
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias
Não existem destaques
 






Extinção das ordens religiosas e dinâmicas sócio-culturais: frades residentes no Alto-Minho no século XIX
06 de Dezembro de 2004
Extinção das ordens religiosas e dinâmicas sócio-culturais: frades residentes no Alto-Minho no século XIX
Extinção das ordens religiosas e dinâmicas sócio-culturais: frades residentes no Alto-Minho no século XIX

RODRIGUES, Henrique - Extinção das Ordens Religiosas e dinâmicas socio-culturais: frades residentes no Alto-Minho no século XIX. Lusitania Sacra. Lisboa: Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa. ISSN 0076-1508. Série II, Vol. 16 (2004), p. 13-42.

Resumo:

Com a publicação do decreto de 28 de maio de 1834, frades, cenobitas e outros religiosos sentiram os efeitos do regalismo liberal. Depois de espoliados de todos os haveres, para usufruírem da prestação concedida pelo Estado, deviam candidatar-se a uma prestação, requerendo esse mesmo subsídio. Com este estudo, é possível saber quem eram os egressos "prestacionistas" residentes na região do Alto-Minho, que nome civil tinham e qual a identificação conventual, a idade, as condições físicas, psicológicas, intelectuais e, acima de tudo, descobrimos o perfil de competências para o desempenho de qualquer atividade profissional e as habilitações académicas destes monges. Ao estudarmos os níveis etários, naturalidade, ordem e convento de proveniência, locais de fixação, preparação académica e outros elementos, conseguimos perceber o impacto sócio-cultural dos frades fixados nas paróquias deste distrito administrativo, verdadeiros agentes da alfabetização do Alto-Minho no século XIX, lecionando em escolas públicas, privadas e ministrando o ensino doméstico.

 

Texto Integral (pdf)

 

Fonte: Veritati - Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa


Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo


Categorias