início | fale connosco | contactos | ajuda | mapa | rss
Página Inicial
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias
23 de Novembro a 26 de Novembro
  VI Festa da Gente Miúda e Feira Infantil | 24 a 26 de novembro
Todos os Eventos




Recursos de Pesquisa do Arquivo Municipal

Que tipologias de documentos existem no fundo documental?

Os documentos existentes no acervo documental mais comuns são os seguintes:

Atas da Câmara Municipal (desde 1567 até à atualidade);
Atas da Assembleia Municipal;
Livros de Registo Geral;
Copiadores da Correspondência Recebida e Expedida;
Livros de receita e despesa;
Posturas e Acórdão Municipais;
Livros de Correições;
Livros de testamentos;
Livros de Estatutos de diversas confrarias;
Documentos sobre expostos;
Documentos dos extintos coutos e concelhos extintos;
Entre outros.

 

Qual a origem da documentação do Arquivo?

Em Ponte de Lima data de 1380 a primeira referência à casa do concelho, fiel depositária da memória, onde se guarda a arca que contém toda a documentação emitida e recebida pela vereação e homens bons da vila de Ponte.

A documentação do Arquivo é essencialmente composta por informação gerada, recebida e acumulada no âmbito das atividades desenvolvidas pelo Município de Ponte de Lima, desde a Idade Média à contemporaneidade.

Fazem atualmente parte do acervo do Arquivo Municipal de Ponte de Lima mais de noventa Sistemas de Informação (fundos), designadamente: Administração do Concelho (1907-1957), Cadeia de Ponte de Lima (1732-1913), Delegado do Procurador Régio (1840-1915), Provedor da Comarca de Ponte de Lima (1740-1826); Provedoria do Concelho de Ponte de Lima (1834-1837); Câmaras Municipais dos coutos e concelhos extintos (Albergaria de Penela - 1673-1837; Bertiandos - 1807-1837; Cabaços - 1738-1837; Correlhã - 1686-1837; Facha - 1763-1851; Feitosa - 1804-1851; Gondufe - 1515-1880; Queijada - 1827-1835; Souto de Rebordões - 1515-1838); Confrarias e Irmandades de diversas freguesias do concelho (1710-1926); Juízo da Correição de Ponte de Lima (1598-1832); Juízos dos Órfãos (Ponte de Lima - 1754-1899; Albergaria de Penela - 1795-1834; Correlhã - 1762-1834; Souto de Robordões - 1811); Juízos Ordinários (Albergaria de Penela - 1813-1823; Correlhã - 1769-1834; Gondufe - 1821-1823); Juízos de Paz (Beiral do Lima e Gondufe - 1835-1838; Fornelos - 1835-1838; S. Martinho da Gandra - 1835-1844; Santa Cruz do Lima - 1835); Assembleia Limarense (1807-1957); Associação dos Socorros Mútuos dos Artistas de Ponte de Lima (1907-1985); Escola Primária Superior de Ponte de Lima (1919-1926), entre muitos outros.

 

Qual o período temporal coberto pela documentação presente no Arquivo?

O Arquivo acolhe e trata documentos que compreendem uma baliza temporal que vem desde 1326 até à actualidade.

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo
 
Últimas notícias relacionadas
Arquivo Municipal de Ponte de Lima Integrou o Projeto Europeana Local | 14.11.2011
Arquivo Municipal de Ponte de Lima cria Repositório Digital | 10.11.2011
Imprensa Local online | 08.11.2011
Arquivo Municipal de Ponte de Lima Adere à Rede Portuguesa de Arquivos | 18.07.2011
 
 
 
Categorias