Passar para o Conteúdo Principal Top

arquivo municipal logo de Ponte de Lima

arquivo_3




As portadas na arquitetura civil do concelho de Ponte de Lima: estruturas, funções e significados

Imagem 95 1 400 500
05 Dezembro 2004

PAIVA, Maria Amélia da Silva - As portadas na arquitetura civil do concelho de Ponte de Lima : estruturas, funções e significados. Porto: [Edição do Autor]. 2004. 2 Vol. Dissertação de Mestrado.

Resumo

A presente dissertação (...), inicia-se com uma panorâmica da arquitetura civil do concelho de Ponte de Lima, desde a casa-torre, de cariz medieval, até à casa do brasileiro. Em seguida, discutem-se os potenciais encomendadores, assim como os arquitetos, engenheiros militares e mestres pedreiros mais influentes da região de Entre Douro e Minho. Da análise das casas inventariadas, pode inferir-se que as portadas surgem, como estrutura arquitetónica autónoma, nos finais de seiscentos, tendo-se generalizado o seu uso no século XVIII, perdurando até aos nossos dias. O estudo objetivo das portadas conduziu à definição de tipologias arquitetónicas e de enquadramento, permitindo compreender como esta estrutura se relaciona com o conjunto edificado, bem como a sua evolução formal. Depois de classificadas todas as portadas segundo estes dois critérios, foram analisados os seus elementos estruturais, decorativos e identificativos, o que remete de imediato para as influências que nelas se consubstanciam, mostrando como a sua evolução ocorreu em sintonia com as gramáticas decorativas. Finalmente, discorre-se sobre as funções e significados desta estrutura emblemática.