Passar para o Conteúdo Principal Top

arquivo municipal logo de Ponte de Lima

AMPL_1




Ponte de Lima: 14.º Festival Internacional de Jardins

Capa fij 2018 1 500 600
04 Outubro 2018

RODRIGUES, Gonçalo – O clima nos jardins: 14.º Festival Internacional de Jardins. Ponte de Lima: Município de Ponte de Lima, 2018. 145 p. ISBN 978-972-8846-70-1.

  • Preço: €5,00 (inclui o valor da taxa de IVA legal em vigor)
  • Como encomendar: contacte-nos através do e-mail: arquivo@cm-pontedelima.pt

Apresentação

Cabe-me, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal. escrever algumas palavras de apresentação desta publicação e, sobretudo, do todo que constitui mais uma edição do Festival Internacional de Jardins, no presente ano com o aliciante e muito desafiante tema "O Clima nos Jardins".
Saliente-se que a utilização do termo todo tem aqui um propósito muito importante.
Ao fim de 14 anos, não tenho quaisquer dúvidas que o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima é muito mais que uma exposição anual de projectos efémeros, de uma publicação periódica que efectua a sua apresentação, de um sitio na internet. a par da presença nas denominadas redes sociais, que o publicita, de um conjunto de actividades
de animação que giram em seu redor.
O Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima é uma autêntica Escola do Ambiente e dai a utilização do termo todo.
Um todo, perdoem-me a repetição, que envolve as crianças e os Centros Educativos do Concelho, que proporciona visitas e complementos ao vasto e diversificado leque de Serviços Educativos proporcionados pelo Município, um local de experimentação de conceitos e de aplicação de metodologias, autêntico laboratório ambiental e de desenvolvimento de concepções de criação de jardins e de intervenção no espaço, com destaque para as áreas urbanas que recebem nos seus núcleos importantes projectos ambientais e de beneficiação da qualidade de vida respectiva.
Sem menosprezar qualquer um dos temas das edições anteriores, parece-me que acertamos com precisão na temática de 2018, "O Clima dos Jardins", tendo em consideração a oportunidade da temática, tão importante nos dias que correm e que é uma preocupação constante para os que hoje gerimos territórios e o será para as gerações futuras, que poderão pagar imenso os erros que cometemos dia após dia.
Com muitas das lições apresentadas na edição do Festival lnternacional de Jardins de 2018, esses erros seriam certamente evitáveis e possibilitariam a adopção de paradigmas e a mudança de mentalidades, que infelizmente poderá demorar dezenas de anos, conducente a um respeito pela Terra, o planeta que nos acolhe e que muitos de nós não respeita reciprocamente, ignorando por completo quem nos recebeu de portas totalmente abertas.
Está nas nossas mãos mudar, mas meter mãos á obra para uma mudança radical de comportamentos.
Por isso, o envolvimento do Festival Internacional de Jardins na comunidade é de primordial importância e continuaremos a efectivar acções adicionais para que prossiga as suas finalidades, em complementaridade com propósitos de caracteristicas artisticas, de lazer e de fruição do espaço.
Mais do que uma mera exposição, o Festivallnternacional
de Jardins de Ponte de Lima deverá ser intervenção,
provocação, desafio e educação.
Estamos conscientes do muito que ainda temos que percorrer, mas como não somos de desistir, vamos provocar e desafiar para que a cidadania e a consciência ambiental sejam realidades no futuro mais próximo possível.
Somos reconhecidos internacionalmente e, na sequência no ano anterior, continuamos na lista do Europe for Festivais, Festivais for Europe (EFFEl 2017-2018, o que muito nos honra e prestigia.
Tudo isto implica muito trabalho e por isso nunca é demais agradecer a quem o torna possível.
À Direcção do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima por nunca se poupar a esforços para que as edições sejam cada vez mais ricas e vanguardistas.
Aos Membros do Júri. recordando aqui o Amigo Salvador Vieira que infelizmente partiu sem poder dar o seu contributo para a edição de 2018, um muito obrigado por tudo quanto fazem para que este todo seja uma realidade: é a partir de projectos, de ideias e, muitas vezes, de simples esboços e esquissos que descobrem mais-valias a implementar na exposição que anualmente se renova.
A todos os patrocinadores por continuarem a apoiar este repto: sem eles dificilmente conseguiríamos atingir os objectivos propostos e a elevada fasquia que levantamos mais todo os anos.
Não posso esquecer a equipa de trabalhadores do Município envolvida neste todo: incansáveis, nunca desistem e o esforço e a dedicação são dignos da nosso reconhecimento e agradecimento publico.
Que o tema "O Clima nos Jardins" seja uma visita agradável é que desejo a todos, a par das tomadas de consciência com que iniciei e que espero sejam colocadas em prática no imediato.
 
Um abraço amigo do
 
Victor Mendes
Presidente da Câmara MunicipaL de Ponte de Lima